Municipal

Rostos do serviço público Entrevista flash “O Manuel”, com os seus 32 anos de casa, é um dos funcionários que pertence à antiga geração dos trabalhadores da Câmara. Apesar da sua teimosia - como confessa - é um excelente profissional cuja equipa a que pertence desenvolve um trabalho, por vezes invisível, mas que é essencial para o êxito dos eventos, festas e múltiplas iniciativas levadas a efeito na nossa comunidade. Manuel Maria Busca Esteves Nome: Função na CMCV: Eletricista Ao serviço desde: 1981 Clube: Sport Lisboa e Benfica Hobbies: Desporto, quando posso Defeito: Teimosia Qualidade: Honestidade Prato: Sarapatel Bebida: Um bom tinto alentejano Música: Pop/ Rock Viagem adiada: Himalaias e (Muralha da) China Projetos profissionais especiais: A iluminação decorativa do Castelo, a da Sr.ª da Penha e a iluminação do Campo de Futebol O melhor de Castelo de Vide: A Sr.ª da Penha e o Jardim do Penedo Monteiro Significado do campo e vida rural para si? É um gosto a vida do campo, a vida rural é mais uma teimosia, foi-me imposta. A reforma vai ser tempo para? Tempo para mim, que até aqui tem sido dedicado aos outros 24

PRATA DA CASA por Maria José Miranda OS NOVOS DESAFIOS DO PODER LOCAL Por tudo isto, a qualificação das Autarquias, é da maior importância para o País, visando elevados níveis de desempenho, o que passa por potenciar e assegurar a formação dos seus quadros. A reforma e inovação do Poder Local, assenta na proximidade com os cidadãos e na descentralização administrativa. Comporta vetores estratégicos destinados a implementar o paradigma de responsabilidade que valorize a eficiência na afetação de recursos destinados ao desenvolvimento social, económico, cultural e ambiental de todo o País. Por sua vez, a aptidão dos profissionais que lidam com a administração autárquica depende, em muito, da sua formação pessoal, profissional, cuja atuação tem reflexo direto no contexto social da comunidade para quem prestam serviços. A rápida alteração dos circuitos da vida dos cidadãos a nível social, económico, tecnológico e político impõe à administração autárquica novos desafios e debates sobre as fronteiras que separam a Administração Central e Local, num momento de grande contenção que o País atravessa e que a todos exige esforço e empenhamento pessoais. O avanço dos constrangimentos e das necessidades da sociedade assim como a alteração persistente dos modelos de gestão existentes obrigam à formação contínua dos que trabalham na Administração Local. Todos os dias surgem desafios que se agrupam na necessidade das autarquias serem ainda mais eficientes e capazes de promover novas políticas municipais e de se adaptarem às exigências de uma sociedade em mutação, por forma a aumentar o seu valor para o público no curto e longo prazos, em relação às suas políticas setoriais de intervenção local, respondendo à necessidade de terem nos seus quadros profissionais com elevados conhecimentos, que por via profissional possam ser agentes indutores da inovação do contexto organizacional e práticas de administração. Neste contexto, cabe às instituições públicas de ensino e formação, sedeadas na região, em parceria com as autarquias locais, a responsabilidade no desenvolvimento de todas as estratégias que visem melhorar as condições de trabalho e desta forma melhorar a produtividade e a competitividade das autarquias e do poder municipal. A reforma administrativa, o planeamento e a gestão do território, a recuperação e conversão urbanística, a gestão dos recursos humanos e a criteriosa gestão financeira, a sustentabilidade ambiental, o património, a ciência e a cultura, a ação social, o desporto, as novas políticas de integração, constituem preocupações que merecem atenção prioritária dos responsáveis autárquicos, razões bastantes para que as instituições de ensino superior incentivam, numa época dominada pelos princípios da subsidiariedade e da globalização, em que o desenvolvimento das sociedades e dos territórios exige organizações autárquicas mais eficazes e eficientes, prestadoras de serviços qualificados, capazes de responder às exigências e expetativas dos cidadãos do século XXI. 25

www.iefp.pt, cm.castvide@mail.telepac.pt, www.web-emprego.com, www.visitalentejo.pt/fotos/editor2/newsletter/newsletter_fevereiro_2013.pdf, www.cm-castelo-vide.pt, www.castelodevide.pt, www.iefp.pt, www.impulsojovemportugal.pt
www.publitas.com, www.publitas.nl
Municipal main

http://interactivepaper.pai.pt/data/8ab2bd4f4403dac7014406ec878d002f/images/zoom_page_24.jpghttp://interactivepaper.pai.pt/data/8ab2bd4f4403dac7014406ec878d002f/images/zoom_page_25.jpg
We have detected that you do not have the Flash player installed.
Please click here to download the Flash plugin.




Don't show message again.