Municipal

OLHARES DE FORA por Estevão de Moura* O TERRITÓRIO E AS SUAS CONDICIONANTES Há cada vez mais gente de fora que procura a Vila e os seus arrabaldes para viver, empreender negócios ou simplesmente viver a vida de modo diferente: acreditando nas virtudes do território, na qualidade do ambiente, no potencial da região, etc. *Economista. Professor Universitário E screver em Castelo de Vide, quando se é de fora e se está a aprender os costumes da terra, a idiossincrasia das pessoas ou o pulsar da vida, não é uma tarefa fácil, sobretudo na escolha do tema. Soa, por isso, a desafio: deve ser do interesse do próprio, mas também e porque não, do interesse geral. Para alcançar esse objectivo o assunto teria de ser de natureza muito genérica. E com essa classificação não faltam temas! Um tema que certamente interessa a toda a gente é o “futuro”. Por maioria de razão, às comunidades que enfrentam, por vicissitudes várias, a ameaça do definhamento demográfico e do impasse económico, tal interessa ainda mais. O futuro, em Castelo de Vide, para quem olha a Vila com olhares de forasteiro, começa a desenhar-se como uma combinação de interesses de gente de dentro e de gente de fora. O futuro, em Castelo de Vide, para quem olha a Vila com olhares de forasteiro, começa a desenhar-se como uma combinação de interesses de gente de dentro e de gente de fora. 26 Quem vem de fora traz costumes e modos de vida diferentes: é assim aqui e é assim em todo o lado. Às vezes até uma visão diferente do mundo e da sociedade. Muita gente chega de mundos grandes e espera concretizar num mundo mais pequeno seja um sonho, seja a concretização de ideias de uma vida. Neste processo de fixação há sempre um choque de expectativas: de quem é de cá e de quem é de fora. Quem é de fora tem normalmente de lidar com a burocracia para concretizar os seus projectos ou a instalação. E neste contexto tem de criar relações. Em Castelo de Vide, como na grande maioria das áreas submetidas a condicionantes de natureza ambiental, o mais difícil para quem se quer instalar na região é “mexer-se” no interior da imensa teia da burocracia que envolve o território (e que afecta tanto os residentes, como os que pretendem instalar-se.) Temos assim uma coisa que interessa a toda a gente e é crucial para o futuro desta região e em particular Castelo de Vide: a criação de mecanismos de informação claros sobre as condicionantes que impedem sobre o território, de modo a evitar a discricionariedade ou a criação de situações equívocas que amarram a iniciativa mais à burocracia do que à realidade. Os tempos que vivemos, difíceis, são, sem sombra de dúvida, uma oportunidade a não perder pelos actores que têm capacidade para influenciar o futuro desta região no sentido de saber se as práticas vigentes e as condicionantes que impedem sobre o território e o modo de gestão que se insiste em praticar é o que melhor serve os interesses do território, das pessoas e do próprio futuro. Como se costuma dizer: é melhor começar a decidir hoje, porque amanhã pode ser tarde!

VIDAS ATIVAS CHEIROS, SABORES E EXPERIÊNCIAS DA NOSSA TERRA É no Oásis, em Póvoa e Meadas, que se podem apreciar os cozinhados de Maria Filomena há quase 32 anos. Natural de Alegrete, instalou-se na Póvoa em 1981 com o marido Manuel Janeiro e, desde sempre, se dedica principalmente aos pratos de caça. A cozinheira partilhou connosco a sua receita de Arroz de Lebre, uma das especialidades da casa mais elogiada pelos clientes. ARROZ DE LEBRE (receita para seis pessoas) Ingredientes: 1 lebre esfolada e limpa 1 cebola 2 tomates 1.5 dl de azeite 2 dentes de alho 2 folhas de louro 700 gr de arroz 2 lt de água Pimentão moído q.b. Sal q.b. É na zona central de Castelo de Vide que, num edifício imponente e que facilmente salta à vista pela sua influência de “Arte Nova”, a Sombrinha vende artigos de decoração há já quarenta anos. A 19 de setembro de 1973, a loja foi inaugurada com pompa e circunstância, num momento que contou até com a atuação da Banda União Artística de Castelo de Vide. Luísa Maria Salema Cordeiro Correia de Carvalho é a proprietária e não tem dúvidas que foi uma pioneira na área pois, como recorda, “quando abri a Sombrinha, não havia nada do género por aqui”. Certamente será também por essa razão que alguns dos clientes são os mesmos há várias décadas. Luísa Carvalho acredita que, depois de si, a Sombrinha não terá outros proprietários, mas esse é um dia que ainda estará longe. Na lucidez dos seus 78 anos, a D. Luísa ainda trata de tudo na loja. “Passa tudo por mim! Não há uma peça que venha aqui para a loja que não seja escolhida por mim”, afirma. Durante muitos anos esteve atrás do balcão, função que recorda com imensa saudade pelo gosto que tem no contato com o público. Hoje faz todo o trabalho de ‘bastidores’ e deposita em Dionísia Custódio, sua funcionária há 27 anos, total confiança para atender quem por lá passa. A vida também é feita de sonhos e, para a D. Luísa, eles fazem parte do dia-a-dia. A proprietária aguarda por 27 Modo de preparação: Comece por cortar a lebre em pedaços para um tacho grande. Junte o azeite, a cebola já picada, assim como os dentes de alho e os tomates. Junte o pimentão moído, sal e as folhas de louro. Deixe refogar muito bem e, de seguida, adicione a água e deixe cozer a lebre. Quando a carne estiver cozida, junte o arroz e deixe cozer. Assim que o arroz estiver cozido, retire do lume. Retifique os temperos e está pronto a servir. Bom apetite! SOMBRINHA, A PIONEIRA LOJA DE DECORAÇÃO CASTELO-VIDENSE tempos mais prósperos e anseia “mudar a cara da loja”, que apesar de ser a mais antiga da vila mantém a actualidade dos seus artigos de gosto e classe.

www.iefp.pt, cm.castvide@mail.telepac.pt, www.web-emprego.com, www.visitalentejo.pt/fotos/editor2/newsletter/newsletter_fevereiro_2013.pdf, www.cm-castelo-vide.pt, www.castelodevide.pt, www.iefp.pt, www.impulsojovemportugal.pt
www.publitas.com, www.publitas.nl
Municipal main

http://interactivepaper.pai.pt/data/8ab2bd4f4403dac7014406ec878d002f/images/zoom_page_26.jpghttp://interactivepaper.pai.pt/data/8ab2bd4f4403dac7014406ec878d002f/images/zoom_page_27.jpg
We have detected that you do not have the Flash player installed.
Please click here to download the Flash plugin.




Don't show message again.